Luz De Maria De Bonilla

LUZ DE MARIA DE BONILLA

 

 

A vida de Luz de Maria foi guiada por Deus desde o seu nascimento num pequeno país da América Central: a Costa Rica. Atualmente reside na Argentina.

Vem de uma família de profundas raízes cristãs, onde, juntamente com os seus irmãos, foi crescendo rodeada por uma atmosfera de espiritualidade, sendo a Eucaristia o centro da sua vida. A sua juventude  foi passada com a presença dos seus amados Anjos da Guarda e da Mãe Santíssima que foram seus companheiros e confidentes. Desde então, transmitem-lhe Manifestações Celestiais, pressagiando assim o que seconcretizaria gradualmenteanos  mais tarde.

Juntamente com o desenvolvimento da sua vida profissional, forma um lar composto, hoje em dia, por 15 membros, que a acompanham desde que começaram a dar-se no seu lar Manifestações Divinas: tais como, exsudações de imagens religiosas, aromas inexplicáveis, entre outras, fazendo com que, desta forma, a sua família e amigos fossem testemunhos da experiência espiritual de Luz de Maria.

Durante a Semana Santa de 1990, dá-se o encontro definitivo com a Mãe Santíssima, que lhe anuncia a recuperação  física de uma  doença de que padecia e a acolhe de maneira especial para prepará-la para o encontro com o Seu Divino Filho, iniciando assim uma longa jornada durante a qual lhe vão esclarecendo de forma subtil a missão que o Céu tinha designado para ela.

Assim começa um novo capítulo na sua experiência mística, que a levará a experimentar profundos êxtases não só na presença da sua família, como também de pessoas próximas que logo se reuniriam para rezar, formando desta forma o Cenáculo que a acompanha até à data.

Com o passar dos anos, Jesus e da Mãe Santíssima vão-na formando para que seja instrumento útil nas mãos do Oleiro Divino e se abandone na Vontade do Senhor, carregando juntamente com Cristo a dor da Cruz que penetra fisicamente no seu corpo e na sua alma. (1)

Após uma longa espera, durante a qual Cristo e a Mãe Santíssima a prepararão paulatinamente solicitando-lhe descrição durante esse período, o Céu ordena-lhe que transmitida a toda a humanidade a Divina Palavra que recebeu e continua a receber. Desde esse momento, Cristo vai abrindo-lhe caminho e dirigindo os seus passos por onde a Vontade Divina deseja que chegue o Apelo do Céu.

Assim que lhe deram a Ordem Divina de dar-se a conhecer e sob a inspiração do Espírito Santo começou a visitar vários países, especialmente na América Latina, dando entrevistas radiofónicas e palestras abertas ao público. Daí surgiram irmãos desejosos de pôr em prática os ensinamentos da Palavra Divina, formando-se Cenáculos de oração e prática do Evangelho, mantendo-se numa luta constante para alcançar uma vida plena no cumprimento da vontade de Deus e no amor ao próximo.

Luz de Maria vai percebendo que, com o passar do tempo, a Palavra de Cristo e da Mãe Santíssima que ela recebe assumem um tom diferente em termos de magnitude e intensidade, tal devido à proximidade dos eventos que a humanidade terá de enfrentar. No entanto, em cada Apelo Divino prevalece o Amor, a Misericórdia e, simultaneamente, a Justiça Divina, anunciando e denunciando a proximidade da Purificação, fruto da desobediência do homem e da má gestão que este fez dos avanços em todos os campos, transformando-se assim o homem no seu próprio flagelo.

Cristo antecipa a perseguição, a injustiça, a difamação e a calúnia com que será confrontada por aqueles que não aceitam estes Apelos Divinos e que não se cansarão de persegui-la para tentar acabar com esta Obra, mas ela aceita, sabendo que, como instrumento de Cristo, deve seguir o mesmo caminho que Cristo seguiu na Terra.

A Mãe Santíssima é sua conselheira e pela Mão da Mãe, até hoje, continua a ser fiel discípula de Cristo, vivendo várias experiências místicas nas quais Cristo partilha com ela o seu sofrimento na Cruz.

A seu lado mantiveram-se Sacerdotes de vários países que a acompanham, mas como lhe disse o próprio Cristo: “o teu guia espiritual sou Eu”, pois é Cristo quem guia cada um dos seus passos e tudo o que faz. O Padre José María Fernández Rojas, que desde o início das manifestações se manteve Junto dela como seu confessor, acompanhou também o seu grupo de oração no âmbito do qual três religiosas, têm sido parte inseparável desde a formação do cenáculo, há 24 anos, sendo uma delas licenciada em teologia foi possível manter a mais estrita observação e análise da palavra revelada.

A Missão de Luz de Maria, em obediência total a Cristo, é ser um instrumento da Verdade Divina neste momento, anunciando e denunciando o que Nosso Senhor Jesus Cristo e a Nossa Mãe Santíssima lhe indiquem para que os filhos de Deus continuem a lutar pela sua própria conversão e a de todos os seus irmãos, reconhecendo e combatendo arduamente o mal que os rodeia e, determinados, continuem pelo caminho da Salvação em todos os aspetos da vida.

Assim, com a Palavra Divina que recebe, Luz de Maria convida a humanidade, como filhos do mesmo Pai, a alcançar a unidade de todos como irmãos, sendo cumpridores do primeiro mandamento e eco do Apelo  de Cristo que convoca o Seu Povo a ser um só.

 

(1) Referência: precedentemente ao momento em que Cristo partilha com ela a Sua Paixão Luz de Maria começa a sentir um estado particular o qual a faz reconhecer antecipadamente a manifestação deste prodígio, levando-a subsequentemente a cair num êxtase profundo, que reflete um cenário dramático para quem o testemunha devido ao grande sofrimento físico bem como espiritual; começando a tornarem-se visíveis os estigmas nas mãos, nos pés, no lado do peito e na cabeça, em algumas ocasiões manifestam-se lágrimas de sangue o qual emana um intenso perfume que chega a impregnar toda a casa. Terminado o êxtase, o qual pode durar de uma a várias horas, os estigmas fecham-se sarando a sua carne e a sua pele, ficando visível apenas o sangue emanado dos referidos estigmas…

 

 

 

Fonte: https://revelacionesmarianas.com/pr/luzport.html

Publicações Relacionadas

Leave a Comment