Mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo à Sua amada filha Luz de Maria, 26 de julho de 2018

 

Meu Povo:

 

Conheceis Meu grande Amor por vós e nos Mandamentos se revela a vontade de Meu Pai pelo amor a Humanidade, para ser cumprida por cada criatura humana. Toda a Lei se compenetra na Minha Cruz de Glória e Majestade, por amor as gerações de todos os tempos.

Eu tenho vos chamado insistentemente sem encontrar uma resposta, não Me atendem, se recusam a Me ouvir, se rebelam como se tivessem perdido a razão e se entregaram ao mal sem hesitação.

A humanidade não adora a Nossa Trindade, acolheram o falso deus que lhes apresentam como uma grande novidade sem meditar sobre as conseqüências.

Já estava revelado, como sinais dos últimos tempos, a revolta contra a Lei Divina, contra o Dom da vida, para que o homem não encontre pecado no agir ou no atuar contra o que é a vontade de Meu Pai e está escrito no Decálogo. A humanidade desfruta com grande excitação da aberração do “direito de matar os Meus inocentes”. O demônio enxertou veneno em sua mente e isso a envenenou e com o coração envenenado, o homem se encontra numa constante agonia.

Não olham nem por um instante que o mal se transforma num vício do qual é muito difícil escapar, vão de pecado capital em pecado capital, cada vez mais terrível, em que a cada pecado desprende, dentro da dimensão do próprio pecado , outros pecados e vícios cada vez mais difíceis de satisfazer, de modo que a criatura não esteja satisfeita e o pecado se torne uma necessidade e aumente.

A nudez do corpo é outro sinal da perda de valores, da pobreza espiritual na qual se encontra essa geração e da crueldade do desrespeito com os semelhantes. É o produto das mentes envenenadas pelas serpentes que o demônio espalhou por toda a terra e que foram acolhidas por aqueles que usam o mesmo repúdio dos demônios contra a Casa de Meu Pai.

Esta geração esqueceu o Dilúvio e o descarta, sendo todas as objeções e negações humanas ao Dilúvio Universal hipóteses estéreis da limitada razão humana para continuar satisfazendo a onda de ofensas em direção a Nossa Casa. Outros acontecimentos com os quais Meu Pai agiu para impedir o homem desviado, como em Sodoma e Gomorra, ocorreram por causa da irreverência do homem, em todos os aspectos da vida.

Minha Cruz contém as revoltas do homem …
Eu Sou o Amor e Eu Sou Misericórdia, isso foi mal interpretado à sua vontade …
Eu Sou Amor e Minha Rendição na Cruz não era adulterar a Lei Divina, mas reafirmá-la. (Cf. Jo 3,17) Não Me entreguei para que a Humanidade se rebelasse contra a Nossa Divindade. Esta atitude irreconhecível e rebelde do homem abriu as portas da punição para a humanidade.

Não ameaço o homem…

Detenho a degeneração dos homens antes que todos se percam.

A humanidade entrou no estágio das mudanças causadas pelo mau agir do homem. A Criação é um produto do Amor do Meu Pai e mantém o bem dentro dela. A Criação atrai o bem e lhes busca incessantemente. Mas neste momento a Natureza sofre de solidão, esta solidão que a Humanidade lhe transmite ao afastar-se da Nossa Trindade e a Natureza busca aceleradamente essa afinidade com o homem e não a encontra, ao contrário, ela teme o homem e reage manifestando sua força, elevando sua ação na Terra com fenômenos consecutivos.

 

Meu Povo amado:

 

Bastaria que Me dessem o lugar que mereço para que Meu agir e atuar encontrassem a liberdade necessária para crescer nas criaturas humanas e assim Nossa Trindade seria tudo em todos.

Pelo contrário, neste momento o Meu Povo é perseguido, insultado, maculado, esquecido e difamado, a fim de que as ideologias existentes encontrem desculpas para persegui-lo.

A humanidade se adentrou no caminho onde encontrará tropeços e só aqueles que mudam suas vidas e têm uma maior consciência da necessidade de viver, atuar e agir de uma forma mais espiritual, encontrarão paz no meio dos combates, encontrarão força no meio do desânimo, encontrarão proteção no meio da perseguição e saberão encontrar Meu Amor e o de Minha Mãe no meio do deserto a que Meu Povo será submetido.

O homem deve buscar a união com a Nossa Casa, deve ser um praticante dos Mandamentos, das Bem-Aventuranças, dos Sacramentos e conhecer-Me para que Me reconheça no momento necessário. Têm que caminhar sendo mais espirituais para que possam Me viver, Me sentir, Me valorizem e não se confundam diante dos “lobos vestidos de pele de cordeiro” que permanecem no mundo para confundi-los e até mesmo em Minha Igreja, para desviá-los.

A Terra estremece mais do que antes, preanunciando para o homem o futuro para o qual ele está indo.

A porta se abriu, Meus filhos, deveis se aproximar mais de Mim para reparar tanta maldade proveniente daqueles que se degradaram com o veneno de satanás.

Grandes mudanças continuarão a acontecer na Terra, o Céu mostrará a grandeza do poder de Nossa Casa e o homem não será capaz de deter a Vontade da Nossa Trindade até que ele passe pela peneira da purificação e decida ser mais espiritual por si mesmo.

 

Meu Povo amado:

 

Viverão consternados diante dos consecutivos eventos dos quais serão testemunhas …

Permaneceis fieis à Lei Divina e apegados à Verdade. Minha Palavra não deve ser transformada para desculpar o pecado nem se deve transgredir. (Cf. Sal 118 (119), 1-8)

(Como são felizes os que andam
em caminhos irrepreensíveis,
que vivem conforme a lei do Senhor!
Como são felizes os que obedecem
aos seus estatutos
e de todo o coração o buscam!
Não praticam o mal
e andam nos caminhos do Senhor.
Tu mesmo ordenaste os teus preceitos
para que sejam fielmente obedecidos.
Quem dera fossem firmados os meus caminhos
na obediência aos teus decretos.
Então não ficaria decepcionado
ao considerar todos os teus mandamentos.
Eu te louvarei de coração sincero
quando aprender as tuas justas ordenanças.
Obedecerei aos teus decretos;
nunca me abandones.)

O demônio não descansa em busca de criaturas humanas que se afastaram de Mim e entraram no caminho da novidade perversa, no caminho dos modernistas, que se atrevem a aligeirar o declinar e a proximidade do cumprimento de tudo que Minha Mãe lhes tem anunciado. 

Alguns chamam Minha filha de “apocalíptica” bem longe se encontram de Minha Palavra, Sou Eu que a emana, é por Vontade Divina que se lhes comunica (cf. Ex 3,14; Is 45,5) Sou “apocalíptico” por chamar o pecado, de pecado; Por advertir a humanidade sobre as consequências do curso que tomou por causa da revolução do liberalismo e do modernismo, mesmo dentro da Minha Igreja. Porém para os modernistas, o pecado não leva ao mal ou ao inferno, Minha Verdade está desatualizada e Minhas Revelações e as de Minha Mãe foram dadas no presente, mas pertencem ao passado do homem…

Oh, filhos! Como levá-los a deixar os trapos com os quais andam?…

Povo Meu, aproximem-se de Mim e de Minha Mãe, é necessário que entrem com maior espiritualidade neste novo acontecimento em que Meus filhos devem manterem-se fortalecidos. 

 

Vos abençoo. Sois a menina dos Meus Olhos…

Vosso Jesus.

Ave Maria Puríssima, sem pecado concebida
Ave Maria Puríssima, sem pecado concebida
Ave Maria Puríssima, sem pecado concebida

 

 

Fonte: https://www.revelacionesmarianas.com/index.htm via http://www.sinaisdoreino.com.br

Publicações Relacionadas

Leave a Comment