Consultor do Vaticano, Padre James Martin, declarou: Ter plena aprovação do Vaticano para espalhar a “doutrina distorcida” (o erro). Os homossexuais não devem ser instruídos a viver “castamente” porque ninguém mais na Igreja o faz

Eu sou Michael Voris, de Roma. De acordo com o Pe. James Martin, ele foi instruído a declarar seus pontos de vista (heréticos) sobre a homossexualidade, e desfruta de total aprovação do Vaticano.
Em uma palestra recente na Arquidiocese de Atlanta (EUA) no último final de semana, Martin disse o mesmo: Que ele tem a plena aprovação do Vaticano para espalhar a “doutrina distorcida” (o erro) que ele está pregando e, de fato, ele foi comissionado a sair e transmitir seu “evangelho errante”. Considerando o que está acontecendo aqui no Sínodo da Juventude, ninguém pode achá-lo surpreendente. Church Militant ouviu vários participantes nas conferências de Martin, que ele agora está fazendo essa afirmação abertamente, na verdade, ele começa suas conversas com ela.

 

n/d

 

Martin também vem fazendo uma série de denúncias difamatórias nas redes sociais contra o Church Militant, LifeSiteNews e o Instituto Lepanto, acusando-nos de incentivar a violência física contra pessoas atraídas por pessoas do mesmo sexo. Isso, é claro, é uma mentira total, mas desde que Martin mente sobre o que a Igreja ensina e o que Nosso Senhor ensina, mentir sobre o que nós e outros dizemos não pode ser surpreendente. Em suas autoproclamadas conversas aprovadas e ordenadas pelo Vaticano, Martin diz que os homossexuais não devem ser instruídos a viver “castamente” porque ninguém mais na Igreja o faz.

 

n/d

 

Martin diz que os secretários paroquiais deveriam ir às aulas para aprender como matricular casais de lésbicas nas aulas para batizar seus “filhos”; que os homossexuais ativos deveriam ser incluídos nos conselhos paroquiais; que a Igreja Católica é responsável por 90% do ódio contra os homossexuais; que os homossexuais são mais compassivos que os não homossexuais; Que os homossexuais são criados por Deus como tal. A lista de venenos espirituais continua, e como muitos dos mesmos pontos de discussão estão sendo vendidos aqui no Sínodo da Juventude, ninguém se surpreende com as afirmações de Martin de que o Vaticano o ordenou (para espalhar esses erros).

 

n/d

 

Padre James Martin, que faz parte deste circo (sodomita), é que a corrente homossexual no Vaticano quer que todos pensem que (o ensino sobre a homossexualidade) mudou. Aqui em Roma, eles estão bombeando jornalistas seculares com informação de que jovens católicos querem a homossexualidade e que as chamadas pessoas ativas LGBT e seus relacionamentos são totalmente aceitos pela Igreja.

 

n/d

 

O Vaticano ordenou que Martin faça o que ele está fazendo, e (…) é seguro apostar que ninguém pegará o telefone e pedirá que ele pare.Tudo isso faz parte da grande “homossexualização” da Igreja, e se você não pode vê-la, é porque você não quer. Enquanto isso, fiéis católicos continuam a resistir a tudo isso com cada fibra em suas almas autenticamente católicas. Martin é recebido por protestos de manifestantes rezadores em discussões, enquanto os ridiculariza dentro das igrejas durante conferências.
Neste exato momento, este é o preço de ser um católico fiel, estando ao pé da Cruz e suportando o sofrimento com Nosso Senhor e Sua Mãe Santíssima, a obra destes “Judas” (traidores da Igreja).  Não devemos desviar um centímetro desta Cruz. É nosso dever resistir, aceitar o sofrimento e fazer o que pudermos para preservar a fé.

 

Fonte: http://www.religionlavozlibre.blogspot.com 
via http://rainhamaria.com.br

 

Nota de www.rainhamaria.com.br:

 

A nova “misericórdia”, que estes “lobos em pele de cordeiro” criaram,  declara apenas que Deus os ama, não importa que caminho sigam, não importa que continuem pecando e permaneçam em seus pecados, pois, todos se salvam. Deus é Amor, esqueçam o Deus Justiça, Justo Juiz. Não havendo um Deus que condena, não existe mais condenação ou castigo, logo, não existe mais inferno, é uma anti-igreja pregando um anti-Evangelho.

 

Mas…diz na Sagrada Escritura:

 

“Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação” (Levítico, 18, 22).

 

“O Senhor detesta todo o erro e toda a abominação; aqueles que o temem não amam essas coisas” (Eclesiástico 15, 13)

 

“Não digas: A misericórdia do Senhor é grande, ele terá piedade da multidão dos meus pecados, pois piedade e cólera são nele igualmente rápidas, e o seu furor visa aos pecadores” (Eclesiástico 5, 6-7).

 

“Acaso não sabeis que os injustos não hão de possuir o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos” (I Coríntios 6, 9).

 

“Por minha vida – oráculo do Senhor Javé , não me comprazo com a morte do pecador, mas antes com a sua conversão, de modo que tenha a vida. Convertei-vos! Afastai-vos do mau caminho que seguis; por que haveis de perecer, ó casa de Israel” (Ezequiel 33, 11).

Publicações Relacionadas

Leave a Comment