Sou a Dolorosa

Escreve, filho:

 

Sou a Mãe de Jesus e vossa Mãe.

 

Sou a Dolorosa, nunca tão Dolorosa como nesta hora muito grave para a Igreja, tomada literalmente de assalto por seus inimigos invisíveis, os demônios e por seus aliados que se tornaram muito numerosos.
Na sombra, se conspira contra o Meu Filho e contra o Seu Vigário na terra, o Papa.
Os inimigos do Meu Filho e da Sua Igreja dividiram bem os papéis. Com uma estratégia astuta atuam em diferentes lugares e nos tempos estabelecidos, para desencadear o que eles estimam o último ataque decisivo de acordo com seus planos pérfido e suas esperanças.
Tenho falado da hora gravíssima para a Igreja e para a humanidade e é tal.

 

Filho, tenho dito a ti que Sou a Dolorosa e como poderia não ser?

 

Minhas intervenções para interromper os planos dos poderes do inferno foram muitas. Muitas das Minhas aparições para almas escolhidas  em cada nação cristã, muitas das Minhas mensagens transmitidas aos povos através de almas preparadas para esta missão.
A resposta a esses apelos maternos não foi a desejada; infelizmente os homens endureceram o coração para as coisas de Deus, para o amor de Deus e assim muitas almas se perderam.
Filho, a Mãe de Jesus e vossa Mãe não pode permanecer insensível diante da desolação da Igreja; Eu não seria Mãe se fosse insensível.
Filho, a ti foi concedido vislumbrar a cegueira de não poucos Pastores e Sacerdotes. Sabes assim, quão tremendo é para aqueles que vêem, constatar a cegueira daqueles que não vêem. Não vêem porque se deixaram incautamente serem cativados pelas tramas astutas e sombrias do inferno.
Filho, a ti foi dito de que o colapso está em curso.

 

Uma hora belíssima

 

É uma realidade triste e terrível que muitos se recusam a acreditar. Isto não significa que a ação deste colapso inexoravelmente continue sua corrosão, aterrorizadamente chega a hora da purificação. Nessa hora ninguém pode dizer que a Mãe não fez tudo o que Ela, Rainha do Céu e da Terra, foi concedida para fazer.
A hora desejada por Satanás e por homens de má vontade será terrível, filho. Mas a infinita Misericórdia do Meu Filho também fará dela uma hora belíssima, porque marcará o advento do reino de Deus na terra.
A derrota de Satanás e suas legiões marcará o fim das loucuras do orgulho humano. O ateísmo, a arma formidável de Satanás, será apagado da face da terra. Se muitos perecerão material e espiritualmente, será somente porque eles assim queriam.

 

Filho: Rosario, Rosario, Rosario!

 

 

Eu, Rainha das Vitórias, protegerei todos aqueles que, sensíveis aos Meus chamados, Me invocaram a oração amada por Mim na intimidade do lar doméstico e divulgaram de alguma forma a devoção, o amor ao Rosário.
Também protegerei aqueles que não tiverem vergonha de recitá-lo em público, dando aos mornos e aos fracos um exemplo de corajosa piedade cristã.
Eu assistirei no momento da prova sobre as famílias e sobre as pessoas que permaneceram fiéis a Mim.
Filho, difundir o Rosário significa o esforço de buscar ardentemente a Glória de Deus e a salvação das almas.
Um dia vereis o poder e a eficácia desta oração, vereis os maravilhosos frutos dela na Casa do Pai.
Filho, te abençoo e quero que esta bênção seja estendida a todos os Meus devotos e a todos aqueles que são zelosos pelo Santo Rosário.

 

(Mensagem de Maria de 16 de julho de 1976)

 

Do livro “Confidências de Jesus a um Sacerdote“, de Mons. Ottavio Michelin

 

 

Fonte: http://www.santisimavirgen.com.ar/michelini/mensajes.htm via http://sinaisdoreino.com.br

Publicações Relacionadas

Leave a Comment